ALCANET    MINDE-ONLINE    JAZZMINDE    VITORIA M    ARQUITEK    BV MINDE    XARALES
CICLO BTT     NET COMPUTERS     DISTINUS    SKA-NEVASSE    ACTUAL X    BÉU-BÉU

04 março 2007

As Festas do Lubango



Já há muito que não escrevia por aqui. Não que tenha falta de assunto, mas o falta de tempo e outros blogs têm ocupados as m/ lides. Mas prometo que vou começar a ser mais regular, até porque tenho muito material referente à m/ viagem a Angola que gostava de publicar.
Mas o assunto de hoje, são as célebres Festas de Nª. Senhora do Monte no Lubango. Já noutros tempos eram famosas, assim como a grande prova de motos e automóveis designada 200 Km de Huíla, e o governo actual mantém bem viva esta tradição.

De 29 de Julho a 27 de Agosto de 2006 realizou-se a XX Edição das Festas da Nossa Senhora do Monte. O programa oficial era enorme (confesso que fiquei impressionado), e para além de contar com a tradicional romaria, procissão e missa campal na Sª. do Monte no dia 15 de Agosto (por cá, dia de Nª. Sª da Assunção), onde participaram milhares de pessoas, contava ainda com a Expo Huila - Feira Agro-Pecuária e a famosa prova 200 Km de Huíla.
As festas ainda incorporavam desfile de gigantones, eleição da Miss Huíla, torneios desportivos, espectáculos, fogo de artifício, etc., etc,... e para os Maconginos foram encerradas com o grandioso jantar nos Reais Paços de Maconge.

O culto da N. Snª. do Monte é enorme, e a população do Lubango, e arredores, faz questão de marcar presença na procissão e na missa campal no santuário junto à Capelinha de Nª Senhora. São dezenas de milhares de pessoas (senão centenas) que fazem o percurso a pé até bem ao cimo. É uma cerimónia bonita.

A Expo Huíla está a ganhar pujança. Durante 20 dias tem um programa bem animado e são já alguns os stands internacionais participantes, com destaque para a Namíbia e Portugal, com novidades e uma actividade comercial já muito interessante. O destaque vai para a Feira do Gado que está a recuperar a áurea de outros tempos.

Os 200 Kms de Huila estão para durar. Eram mais de 200 mil pessoas que assistiram á célebre prova de motos e automóveis. Empoleirados nas árvores e dístribuídos pela encosta e tudo o que era sítio, esta prova é um evento em que nínguém pode faltar. O circuito urbano foi remendado no dia anterior, ss máquinas vieram de Luanda, outras são artilhadas em oficinas improvisadas, e, com a falta de estradas, não sei onde é que os pilotos treinam, mas até Porches compareceram na grelha de partida.
E foi precisamente um Porche que marcou negativamente o acontecimento. Despistou-se e fez vários feridos e alguns mortos. Com tanta gente era impossível que um despiste não tivesse consequências graves.
Estava a ouvir pela rádio local o desenrolar das notícias e foi assim:
" A ambulância chegou á morgue, mas a morgue está fechada. O funcionário não está. Confirma-se 3 mortos". Passados 5 minutos, o mesmo locutor dizia: "Afinal não são três mortos, são só dois, porque um morto levantou-se na morgue. Parecia morto, mas está vivo."



O Jantar dos Maconginos foi o culminar da grande festa, com convivas que vieram dos quatro cantos do mundo. O Vice-Rei Olavo do Reino de de Maconge botou o discurso de abertura, e na presença do macongino e Governador da Huíla, o Bispo Edgar procedeu aos baptismos dos novatos, nos quais me encontrava eu. O viró-vira foi quase até de manhã, com muita dança e boa disposição. Foi uma jantarada e pêras. Um abraço aos Sobas organizadores, que estão a fazer um excelente trabalho, e até já estão a construir uns bungalows para as visitas. Pinta, hem ??

E por hoje, ficámo-nos por aqui.
Ah, esquecía-me de dizer que almocei com a miss Angola e, ... é lindíssima!!! (como todas as angolanas). Bem Hajam !!!

2 Comments:

At 10:08 da manhã, Anonymous zé kahango said...

Muito bem! Há um link para o teu blog no meu (http://bimbe.blogs.sapo.pt).
Abraços!

Zé Frade

 
At 4:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Adorei esta página e convido-vos a participar na rede de amigos de angola também que podem encontrar em http://www.mygroupx.com

 

Enviar um comentário

<< Home